Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Barão da Vargem Alegre’ Category

Fazendeiro de café, em Mendes, Barra do Piraí e Tomazes

Nascido a 13-04-1832 (Livro de Bat. de Piraí n.º 6 , 104), em Vargem Alegre-RJ. Batizado a 25-04-1832 sendo padrinhos os Barões de Piraí seus avós, e falecido no R.de Janeiro a 11-06-1875 aos 43 anos de idade de Tuberculose pulmonar . Seu pai, o Barão de Vargem Alegre, ainda era vivo, vindo a falecer 4 anos depois.
Recebeu a Ordem de Malta em 11 de Setembro de 1867, aos 35 anos de idade .
Agraciado com o Título de Barão por carta de 17 de Abril de 1875 ( 54 dias antes de falecer)(Este documento, em pergaminho e assinado pelo Imperador D.Pedro II, hoje de posse de seu trineto Eduardo Dias Roxo Nobre, e foi adquirido num antiquário-barraqueiro no Rio de Janeiro em 7/95).[1]
Casou (ele com 18, ela com 14 anos ) com sua prima-irmã EMILIANA CLARA GONÇALVES DE MORAES, filha do Capitão “Mata-Gente”, Comendador Antonio Gonçalves de Moraes.
Nascida a 23 de Março de 1840 em Piraí-RJ. , fal.a 13-julho-1922 no Rio de Janeiro aos 82 anos de idade.
Morou na Rua  Barão de Itambi, Rio de Janeiro onde tinha um Solar.

teve apenas 2 filhos :

I – 1 = JOSÉ ANTERO DE OLIVEIRA ROXO

I – 2 = MATHIAS OCTAVIO DE OLIVEIRA ROXO

abaixo discriminados :

I – 1 = JOSÉ ANTERO DE OLIVEIRA ROXO

Órfão de pai aos 19 anos, vende os bens herdados no Rio de Janeiro e embrenha-se no “sertão” de São Paulo na região que hoje é o município de Bofete e adquire uma área de 1.000 alqueires  que deu o nome de “Fazenda Bela Aliança”, lembrando assim a Fazenda[2] de mesmo nome em que nasceu, antiga propriedade de seus avós em Piraí -RJ. Viveu por mais de 50 anos nesta fazenda onde alem das atividades de cafelista exercia a prática de farmacêutico, tradição que legou a seus descendentes. Amante da caça, que era muito abundante na época, mantém matilha  de mais de 35 cães veadeiros em seu canil. Em 1923 vende a propriedade e passa a morar em Anhemby-SP onde mantinha  um sítio a beira do Rio Tietê  Tinha a patente de “Capitão” da Guarda Nacional. Foi líder político pelo PRP, tendo nomeado  diversos delegados na região graças a sua indicação. Parte de sua fortuna foi aplicada  na construção de casas de aluguel, na Rua Bom Pastor , bairro do Ipiranga na capital paulista. [3]
Nascido a  03-01-1856, em  Dorândia, Dores de Pirai-RJ.
Batizado a  03-10-1856  Pirai-RJ. Faleceu a 28-07-1926  S.Paulo, em sua residência à Av. Tiradentes 186, sepultado no Cem. da Consolação ( Livro 26 , 193 , 7145 ) Casou no Rio de Janeiro RJ, com sua prima-irmã Rosa de Moraes Costa em 02-02-1878 no RJ. nascida em  Mendes, S.Cruz, falecida a 21-06-1932, em Piracicaba-SP., filha dos Viscondes de Benevente José Feliciano de Moraes (29-10-1833 = 14-04-1904) e Felisbina de Moraes (18-02-1838 = 30-05-1899), ambos sepultados no Cemitério de S.João Baptista no R.de Janeiro Pais de 12 filhos :
II – 1 = JOSÉ FELICIANO ANTHERO ROXO ( Tratado neste capítulo)
II – 2 = FELISBINA COSTA ANTHERO ROXO
II – 3 = EDUARDO ANTHERO ROXO
II – 4 = EMILIANA ANTHERO ROXO
II – 5 = CARLOS ALBERTO ANTHERO ROXO
II – 6 = JOSÉ ANTHERO ROXO
II – 7 = ROSA DA COSTA ANTHERO ROXO
II – 8 = ANTONIO ANTHERO ROXO
II – 9 = SILVINO HENRIQUE ANTHERO ROXO
II – 10 = EURICO ANTHERO ROXO
II – 11 = MARIO ANTHERO ROXO
II – 12 = ELISIÁRIA ANTHERO ROXO

abaixo discriminados :

II  – 1 =  JOSÉ FELICIANO ANTERO ROXO “Anterinho ”
Farmacêutico, formado a 28-12-1901, pelo Curso Farmacêutico da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro . Exerceu a profissão em Tarumã-SP. Residiu em Anhembí, onde foi Prefeito. Nascido a  03-03-1879 no RJ, bat.na Paroquia da Gloria, faleceu a 13-08-1964 em Oriente-SP. Foi sepultado no Cemitério da Consolação em S. Paulo Casado a 13-10-1903 em Jau-SP. com Carlota dos Santos, nascida a 23-04-1889 em Jahu-SP. e falecida em Marília-SP. a 19.11-1951. Filha de Joaquim Bernardo e Maria Julia dos Santos
pais de 12  filhos:
III – 1 = Maria da Conceição  Roxo
III – 2 = Maria Rosa  Roxo
III – 3 = José Anthero Roxo Neto
III – 4 = Joaquim Anthero Roxo
III – 5 = João Anthero Roxo
III – 6 = Maria Julia Roxo
III – 7 = Mário Anthero Roxo
III – 8 = Maria de Lourdes Roxo
III – 9 = Maria de Nazareth Roxo
III – 10 = Alberto Anthero Roxo
III – 11 = Antonio Anthero Roxo
III – 12 = Carlos Anthero Roxo

abaixo discriminados:

III – 1 =  MARIA DA CONCEIÇÃO  ROXO “Carminha”

Maria da Conceição foi seu nome de Registro Civil, entretanto, sempre foi conhecida por Maria do Carmo, nome que consta, inclusive em documentação oficial. Nascida a 18-11-1903 em Jaú-SP.  Faleceu a 09-05-1988 em SP. Casada em Avaí-SP. com Juvencio Silva Filho, filho de Juvêncio Silva, desbravador de Avai (Noroeste) e Francisca  “Chiquinha”.

III – 2 = MARIA ROSA  ROXO

Nascida a 23-03-1905 em Jaú  SP. fal. a 03-07-1977 em  Esteio  RS. Casada em 1ª núpcias com Angelo Herminio da Costa, filho de Francisco e Francisca Herminio da Costa Casada em 2ª núpcias a  15-10-1925 com João Nunes Falcão, foi casado anteriormente. Nascido em Anhembi-SP. a 24-06-1895, e fal em S.Paulo. Filho de José Nunes Falcão e Izabel da Silva.
Filhos :

do 1º casamento:

IV – 1 = RUTE  ROXO DA COSTA
Nascida em Avaí-SP. a 20-09-1921 falece em Avaí-SP. a 11-05-1923, com menos de 2 anos de idade.

do 2º casamento:

IV – 2  = CARLOTA ROXO FALCÃO
Dona de casa , reside em S.Paulo-SP. Foi criada e educada em S.Paulo por uma tia solteira, irmã de sua avó.
Nascida a 05-06-1928 em Avaí-SP.Casada a 19-06-1948 em Amparo, com Francisco Albieri , nascida em Amparo a 01-01-1924, filho de Máximo e Palmira Albieri
pais de:

V – 1 = MAURICIO FALCÃO ALBIERI
Nascido a 18-05-1949, em S.Paulo-SP.Casado a 27-04-1973 com  Maria Catarina Schuster, nascido em  S.Paulo a 13-09-1952 , filha de Nicolau Schuster e Hilda Bombassei,  pais de:

 VI – 1 = MARINA SCHUSTER ALBIERI
Psicóloga. Nascida a 07-11-1981, em Manaus-AM

IV – 3 = ISABEL ROXO FALCÃO  “Belinha “
Industrial, residente em Porto Alegre-RS.
Nascida a 10-05-1931, em Assis-SP.
Casada a 04-04-1953, em São Paulo, com Christiano Gunter Roos, filho de Adolfo Júlio Ross (nasc. na Alemanha a 12-04-1902) e Elizabeth Martha Irmisch (nasc. a 23-11-1904 em Rio Grande  RS e fal. em Porto Alegre-RS.a 27-01-1987)
Pais de:

V – 1 = RUDOLF ROOS
Comerciante , residente em Porto Alegre-RS.
Nascido a 06-02-1954, em S.Paulo-SP.Casado a  08-12-1978 em Porto Alegre-RS com Janete da Silva (nascida a 16-02- 1953, em P.Alegre) , filha de Alcides da Silva e Delicia da Silva. Divorciados em 24-08-1993 pais 2 filhos:

VI – 1 = CHRISTIANO GUNTER ROOS
Advogado. Nascido a 19-02-1977, em Porto Alegre-RS.
Casado com Cristiani Lehmkuhl, pais de:
          VII – 1 = DANIELI LEHMKUHL ROSS
          Nascida a 18-01-2010

VI – 2 = VITOR ROOS
Advogado. Nascido a 07-10-1983 , em Porto Alegre-RS.

                              IV – 4 = TEREZINHA ROXO FALCÃO
                              Nascida a 24-04-1933 em Assis-SP, falecida em Paraguaçú Paulista-SP, ao redor de 1989. Sem geração

III – 3 = JOSÉ ANTERO ROXO NETO
Nascido a 09-08-1906 em  Anhembí-SP e falecido a 04 -06-1991 em Terra Bôa-PR.Casado com Maximina Antunes, nascida em Itaí a 04-10-1905 e falecida a 25-02-1973 em Maringá-PR, filha de Maximiano Antunes de Senna  e Antonia Egidio da Costa ( Cruz ?? )Passou a infância em Anhembí. Mudou-se com seus Pais para Avaí SP, onde casou-se Instalou-se em Anhembí,  como proprietário de Farmácia.Mudou-se em 1929 para Vila Fortuna (atual Oscar Bressane), muito estimado, prestativo, e de bondade incomparavel, fez a felicidade dos que o rodeavam.Foi dos fundadores de Oscar Bressane , eleito Prefeito de 1953 a 1956, contribuindo sobremaneira para o progresso do Município .Após o termino de seu mandato, transferiu-se para Oriente SP. com a família e a Farmácia, onde exerceu sua atividade durante 9 anos .Em 1965, resolveu empreender nova mudança, desta feita para o Distrito de Malú, Município de Terra Bôa  PR. , lá permanecendo até 1975, quando mudou-se para a sede do Município onde faleceu . Foi sepultado no Cemitério da Consolação no túmulo de sua família. Casou-se em 2ªas núpcias com Dirce Rossi .
pais de 6 filhos (todos do 1º casamento ) e abaixo discriminados:

IV – 1 = Maria de Lourdes Antero Roxo
IV – 2 = José Feliciano Antero Roxo Neto
IV – 3 = Dulce Roxo
IV – 4 = Pérsio Roxo
IV – 5 = Hélio Antero Roxo
IV – 6 = Flavio Antero Roxo

abaixo discriminados:

IV – 1 = MARIA DE LOURDES ANTERO ROXO
Professora Primária , reside em Echaporã-SP.Nascida a 10-12-1927 em Anhembí-SP.casada a 15-12-1949 em Marilia, com José Lários, nasc. a 26-01-1926 em Novais-SP, filho de José Lários Rodrigues (nascida em Jaboticabal-SP.)e Amália Bragado Lopes. (nascida  em Ávila-Espanha)
pais de:

V – 1 = MARIA ELIZABETH ROXO LÁRIOS
Professora Primária, reside em Maringá-PR.
Nascida a  17-09-1951 em Marilia-SP.Casada a 12-01-1974 em Marília-SP, com Ernesto Ferreira Nobrega (nasc.a 12-04-1949 na Ilha da Madeira, Portugal), filho de Manoel Caires Nobrega e Ludovina Ferreira pais de:

VI – 1 = ADRIANA LÁRIOS NOBREGA
Fisiterapeuta.Nascida a 18-09-1975 , em Maringá-PR.

VI – 2 = ERNESTO LÁRIOS NOBREGA
Nascido a  27-11-1978 , em Maringá-PR.

V – 2 = DULCE MARIA ROXO LÁRIOS
Analista de Sistema Nascida a  22-08-1956 em Marilia-SP.
Reside em S.Paulo-SP

IV – 2 = JOSÉ FELICIANO ANTERO ROXO NETO
Nascido a 30-05-1929 em Oscar Bressane-SP.
Falecido a 25-11-1961 em Oriente, sepult. no Cem. da Consolação  Q 44 ,T 37 casado com Dorcilia Pereira, falecida aos 76 anos em 02-10-2005, filha de Basílio Pereira e Maria Dias Ferreira pais de 3 filhos:

V – 1 =

V – 2 =

V – 3 =

IV – 3 = DULCE ROXO
Produtora Agro-Pecuária na Faz. Sta. Luzia I em Oscar Bressane  SP.Nascida a 22-01-1931, em Oscar Bressane  SP.Casada a  18-07-1953, em Marília-SP, com Luiz Gonzaga de Quadros (agente Fiscal) nascido a 21-01-1933 em Anhembí-SP. ) filho de Leonidas Quadros e Jeorgina Rodrigues.
pais de:
          V – 1 = LEONIDAS ROXO DE QUADROS
          Nascido a 16-10-1955 , em Marília-SP.
          Casado a 07-07-1979 em Rancharia-SP. com  Celina Moriya, nascida em
          Rancharia a 26-06-1955, filha de Ioshio Moriya e Yuriko Yamamoto
          pais de:
                    VI – 1 = VINICIUS MORIYA DE QUADROS
                    Nascido a 25-05-1982 em Rancharia-SP.

          V – 2 = LUIZ ROXO DE QUADROS
          Nascido a 23-08-1957, em Marília-SP.
          Casado a 21-09-1985 em Rancharia, com Maria Helena Vallio Perpetuo ,Nasc. em Rancharia, filha de Irineu Rodrigues Perpétuo e Maria José Vallio, pais de:

VI – 1 = ANDRÉ LUIZ DE QUADROS
Nascido a 10-11-1986 em Rancharia-SP.

V – 3 = JOSÉ ROXO DE QUADROS
Nascido a 18-06-1964 , em  Cândido Mota-SP.
Casado a 01-03-1987 em S.Anastácio-SP com Maira Cristina Romero, filha de Francisco Romero e Nair Romero Estrela, pais de:

VI – 1 = PATRICIA ROMERO DE QUADROS
Nascida a 29-12-1987, em Rancharia-SP.

IV – 4 = PÉRSIO ROXO
Médico pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Paraná, reside em Ribeirão Preto-SP nascido a 13-01-1933 em Lutécia-SP.
Casado a 30-05-1964 em Guaira-SP. com Neidy  Salomão, filha de Rogelino Salomão e Enedina Salomão .
pais de 3 filhos:

V – 1 = PÉRSIO ROXO JUNIOR
Médico em Ribeirão Preto. Alergologista-Pediatra.
Nascido a 31-07-1965 em S.Paulo SP.
Casado  a 04-02-1992 em S. João da Boa Vista-SP com Giuliana Lancelloti, filha do Dr. Luis Viera Lancelloti (médico e advogado) e Maria Aparecida Lancelloti, pais de:

VI – 1 = GIOVANA LANCELLOTI ROXO
Nascida a 21-05-1993 em Ribeirão Preto-SP. Atriz revelação da TV Globo.

V – 2 =  MARCELO SALOMÃO ROXO
Médico, com Clínica em Brasília. Nascido a 30-01-1968 em S.Paulo-SP.
Casado a 17-04-1993 em Ribeirão Preto-SP. , com Celia Maria Pereira de Moraes, filha de Gil Pereira de Morais e Célia Alves

V – 3 = MARCIO SALOMÃO ROXO (gêmeo do anterior)
Médico, reside em Brasília. Conselheiro do CRM do D. Federal.
Nascido a 30-01-1968 em S.Paulo-SP.
Casado a 15-07-2006, com Layla Ribeiro Amorim, advogada, nascida a01-04-1977 em Brasília-DF. Pais de:
          VI – 1 = SOPHIA AMORIM ROXO
          nascida a 10-01-2007

          VI – 2 = DAVI AMORIM ROXO
          nascido a 18-03-2009

IV – 5 = HELIO ANTÉRO ROXO
Nascido a 26-03-1934 em Oscar Bressane-SP. , e fal. a 21-12-1993 em RibeirãoPreto  SP. (sep. em S.Paulo no túmulo da família no Cem. da Consolação. Casado em Oscar Bressane  com  Maria de Lourdes Valverde Crivelaro, pais de:

V – 1 = HELIO ANTHERO ROXO

V – 2 = JOSÉ VALTER ANTHERO ROXO

V – 3 = MAURO ANTHERO ROXO

V – 4 = ELIANA APARECIDA ANTHERO ROXO
Residente em Coxim-MS.

IV – 6 = FLAVIO ANTERO ROXO
Nascido a 25-08-1936 em Oscar Bressane-SP.
Casado em Assis -SP. a 04-04-1965 com Maria de Lourdes Sene, nascida em Oscar Bressane a 07-06-1940. Pais de:
V – 1 = EURICO SENE ROXO
Nascido a 30-11-1967 em Malú-PR.
Falecido a 05-09-1988 , com 21 anos de idade.

V – 2 = ERICA MAXIMINA SENE ROXO
Farmacêutica. Nascida em Terra Boa-PR. a 24-10-1971
Casada  a 22-11-1994 em Terra Boa  com Elmar Candido

III – 4 =  JOAQUIM ANTERO ROXO
Nascido a 20-10-1907 em Anhembí-SP. falecido em Paraguaçú-SP, sepultado em SP no Cemitério da Consolação. Filhos naturais com Etelvina, 3 filhos:

IV – 1 =  TERESINHA ROXO

IV – 2 = CLODOALDO ROXO
Militar em Mato Grosso

IV – 3 = JOAQUIM ROXO

III – 5 =  JOÃO ANTHERO ROXO
Nascido a 20-10-1908 em Anhembí-SP. e falecido em Ribeirão Preto em 28-11- 1988
Casado com sua prima Maria Trifeno Roxo, filha de II – 5 = CARLOS ALBERTO ANTHERO ROXO, adiante citados,  pais de 2 filhos:

IV – 1= JOMAR  ANTHERO ROXO
Nascido a 10-02-1938 em São Paulo-SP, falece a 20-03-1982 sep. no Cem. da Consolação (suicidou-se)

IV – 2 = MARIA APARECIDA ANTHERO  ROXO
Nascida em Ribeirão Preto-SP.
Casada com Wander de Andrade, Pais de 2 filhas:

V – 1 = ÍSIS  ANTHERO DE ANDRADE
Nascida a 25-04-1990 em Bogotá -Colombia.

V – 2 = IARA ANTHERO DE ANDRADE
Nascida a 25-06-1992 no Rio de Janeiro-RJ.

III – 6 = MARIA JULIA ROXO
Professora, Diretora de Escola Estadual. Com uma memória privilegiada, aos 87 anos, lembrou de fatos e datas importantes, contribuindo com os autores para a esta genealogia familiar; fica aqui registrado nosso agradecimento a esta querida prima.Nascida em Anhembí -SP a 26-07-1911 e aí batizada na Matriz de N.S. dos Remédios a 15-08-1911, sendo padrinhos Carlos Alberto Roxo e Sebastiana Tripeno ( L.Batismo  4, 1909/1313,63 ) casada em São Paulo-SP a 22-06-1935 em casa de sua tia Rosa Anthero Roxo, a Rua Oscar Freire, com Gomes Berriel Filho, agricultor, avaliador do Banco do Brasil, nascido em São Fidelis-RJ a 25- 11-1909 e falecido em Bauru a 21-07-1977, filho de Gomes Berriel, fazendeiro, e Olga Maia de Assis, neto paterno de Antonio Ferreira Berriel e Wandelina Gomes de Assis, neto materno de Augusto Gomes de Assis e Clementina Máia.
Wandelina e Augusto eram irmãos e filhos de Gomes Augusto de Assis e Maria Gomes, todos residentes em São Fidelis-RJ, neto paterno  do Ten. Cel. Manuel Rodrigues Chaves, nascido a 15-04-1785 e batizado em Lagoa Dourada, Prados-MG a 16-11-1789, e Maria Augusta da Silva (sobrinha do Alf. Joaquim José da Silva Xavier, o TIRADENTES) , bisneto paterno de André Rodrigues Chaves, nascido e bat. na Freg de Santa Marta do Pinho, Conc. das Boticas, Comarca de Montalegre, Vila Real-Portugal (filho de Domingos Chaves e Maria Rodrigues ) e Gertrudes Joaquina da Silva , nascida e batiza-da em Barroso, Barbacena , ex.- Nossa Senhora da Piedade da Borda do Campo em 1753 (filha de Tomaz da Silva  e Valentina de Mattos) (REZENDE, A.Genealogia Mineira, vol.4 Sfredo & Gravina, Rio de Janeiro, 1939, p.231/96, 300/05/06/09)
pais de 4 filhas:

IV – 1 =Iara Maria Roxo Berriel
IV – 2 =Maria Aparecida Roxo Berriel
IV – 3 = Marilena Roxo Berriel
IV – 4 = Sônia Maria Roxo Berriel
abaixo discriminadas :

IV – 1 = IARA MARIA ROXO BERRIEL
Nascida em Avaí-SP. a 22-12-1936, falecida em Baurú-SP. a 04-01-1937, com poucos dias de vida .

IV – 2 = MARIA APARECIDA ROXO BERRIEL
Professora primária Nascida em S.Paulo  a 29-11-1937
casada em Baurú-SP. a 26-12-1961 com o Prof. Dr. Antonio Ricci, Professor Associado do Dep.de Odontologia Social da Fac. de Odontologia de Baurú – Universidade de São Paulo, nascido em São Manuel  SP. a 20-12-1932, filho de Laudelino Ricci e Santina Elzira Raele pais de 3 filhos:

V – 1 = CLAUDIO ANTONIO BERRIEL RICCI
Arquiteto Nascido na Income, Serra do Navio-AP. a 08-10-1962. Casado a 01-12-1992 em Agudos-SP com Ruth de Oliveira Lima nasc. a 03-05-1965 em Agudos-SP , filha de Ronaldo Costa de Oliveira Lima e Maria Áurea Pires de Campos pais de:

VI – 1 = BRUNA DE OLIVEIRA LIMA RICCI
Nascida a 18-12-1993

V – 2 = PAULO SERGIO BERRIEL RICCI
Dentista. Nascido  na Icome, Serra do Navio -AP. , a 31-12-1963.
Casado a 13-03-1993 em Baurú – SP. com Daniela Bortoliero Ventrice , advogada , magistrada, nasc. a 23-01-1968 em Bauru-SP. filha de Celso Ventrice e Zilma Bortoliero, pais de:
          VI – 1= ENRICO VENTRICE RICCI
           Nascido a 05-09-1998

          VI – 2 = SOFIA VENTRICE RICCI
          Nascida a 04-05-2001

V – 3 = LUCIANA MARIA BERRIEL RICCI
Advogada
Nascida em São Paulo-SP. a 14-02-1968
Casada com Edson Macedo, comerciante. Pais de:

VI – 1 = VICTOR RICCI  DE MACEDO
Nascido a 19-03-1998, sendo o mais jovem membro da família relacionado na edição de 1998.

VI – 2 = FELIPE RICCI DE MACEDO
Nascido a 17-05-2001.

IV – 3 = MARILENA ROXO BERRIEL
Funcionária pública estadual.
Nascida em São Paulo  SP. a 06-10-1940
Casada  a 23-02-1963 em Baurú  SP. com Vivaldi Joaquim, fiscal de rendas estadual, nascido a 13-03-1923 em Jundiai – SP, falecido a  20-05-1995,  filho de Angelo Joaquim  e Justina Denard, pais de 3 filhos:

V – 1 = DENISE BERRIEL JOAQUIM
Funcionária publica federal. Caixa Econômica Federal. Nascida em Baurú a 22-12-1964
Casada a 07-11-1984 em Baurú-SP. com Luiz Antonio Taveira, nasc. em Franca-SP, filho de Antonio de Assis Taveira e Zoraide Lima pais de 2 filhos:

VI – 1 = LAURA JOAQUIM TAVEIRA.
Nascida em Baurú-SP. a 18-04-1986

VI – 2 = RICARDO JOAQUIM TAVEIRA
Nascido em Baurú-SP. a 02-10-1989

V – 2 = SIMONE BERRIEL JOAQUIM
Engenheira -Civil pela USP.
Nascida a 15-09-1965 em Baurú-SP. Casada a 07-05-1992 com José Luiz Miranda Simonelli, engenheiro civil filho de Oswaldo Simonelli e Leda Miranda, neto materno de José Guilherme de Miranda, corretor de café, que por muitos anos esteve ligado à família Dias Roxo Nobre, por laços de profunda amizade. Pais de:
          VI – 1 = MAÍRA JOAQUIM SIMONELLI
          Nascida a 08-09-1995

          VI – 2 = FLAVIA JOAQUIM SIMONELLI
          Nascida a 13-12-2001 em Baurú – SP.

V – 3 = CRISTIANE BERRIEL JOAQUIM
Cirurgiã – Dentista pela USP de Baurú-SP
Nascida em Baurú -SP. a 04-05-1970
Casada a 10-09-1994, em Bauru – SP com Andre Luiz Paschoal Bergamini, supervisor da Nestlé, nascido em São Manuel – SP a 29-11-1967 filho de Elio Bergamini. Pais de:
          VI – 1 = CAIO BERGAMINI

IV – 4 = SONIA MARIA ROXO BERRIEL
Professora de Piano e Regente de Corais.
Nascida a 14-10-1942 em Avaí – SP.
Casada  em Baurú  SP. a 22-04-1965 com  Jorge Alberto Corrêa Bettencourt Soares, engenheiro-agrônomo, nascido a 22-03-1937 no Arquipélago dos Açores, Distrito de Horta Portugal, naturalizado brasileiro, filho de Francisco Garcia Soares e Maria Julia Bettencourt  nascido em Portugal e naturalizado Brasileiro pais de 2 filhos:

V – 1 = OLAVO BERRIEL SOARES
Advogado pela USP de São Paulo.
Promotor de Justiça em São Paulo-Capital.
Tornou-se Promotor aos 23 anos de idade
Nascido em Baurú-SP. a 20-08-1967

V – 2 = MARIA JULIA BERRIEL SOARES
Advogada , formada em 1994 pela PUC de São Paulo.
Promotora de Justiça aos 23 anos de idade.
Exerce a promotoria no Paraná
Nascida em Bauru  SP.  a 28-06-1972

III – 7 = MARIO ANTHERO ROXO
Nascido em Anhembí  SP. a 19-05-1913 e Batizado na Matriz de N.S.dos Remédios a 02-08-1913 sendo padrinhos, Mario de Oliveira Roxo e Izabel de Oliveira, por procuração de Francisco Raele e Felisbina Roxo .(Livro Batismo 4 – 1909/13, 96v). Faleceu em Anhembí-SP. na infância.

III – 8 = MARIA DE LOURDES ROXO
Nascida em 1915,  em Anhembí-SP faleceu em Avaí-SP. a 06-05-1923 com 8 anos de idade . (Livro de Óbito. -5, 21v, 112)

III – 9 = MARIA DE NAZARETH ROXO
Nascida a 17-11-1916, em Anhembí-SP, falece a 07-02-1959 , em Valparaíso-SP
Casada com Manuel Romildo Sampaio Landim, nasc. a 02-11-1914 em Pacotí-Ceará e falecido a 07-02-1959 em Valparaiso SP.  filho de Luiz Pinheiro Landim e Maria Pimenta Sampaio pais de 2 filhas :

IV – 1 = CLEOMAR  ROXO LANDIM
Psicopedagoga Clínica e Psicóloga, pela Universidade “Edson Queiroz “, em Fortaleza -CE., residente em Fortaleza-CE.
Nascida 13-10-1937 em Quitaúna-SP.
Casada a 02-05-1960 em Fortaleza -CE com o Cel. E. N. Antonio Vicente de Oliveira , Coronel  R-1 do Exercito e Escritor, autor do livro “Tudo sobre Pensões Militares”, nascido a 01- 03-1913 , em Santana do Cariri-Ceará  filho de Manoel Vicente de Oliveira e Liberalina Francisca Vieira pais de :

V – 1 = SANDRA REGINA DE OLIVEIRA
Engenheira -Civil, da Método Engenharia. Reside em S.Paulo. Nascida a 09-05-1961, no Rio de Janeiro-RJ.

V – 2 = ANTONIO VICENTE DE OLIVEIRA JUNIOR
Médico, reside em São Paulo.
Nascido a 28-06-1964 , no Recife-PE.

IV – 2 = CLEONICE ROXO LANDIM
Nascida em 1940 em Baruerí (Quitauna) -SP.
Falecida com menos de 1 ano de idade

III – 10 = ALBERTO ANTERO ROXO
Nascido 19-03-1923  em Avaí-SP. , falecido a 25-06-1981 em Bauru-SP.
Casado em Oscar Bressane-SP. com Alzira Nhochi, nascida. em Monte Alto-SP a  12-10-1924 e falecida a 29-09-1993 , filha de Ernesto Nhochi e Letícia Bizelli pais de:

IV – 1 = JOSÉ ALBERTO  ROXO
Contador. Nascido a 25-06-1944 em Lutécia-SP.
Casado em Osasco a 04-10-1975 com Eleonice Stabenow Pais de:
          V – 1 = SILVIA STABENOW ANTHERO ROXO
          Nascida a 09-06-1976 em S.Paulo-SP.

          V – 2 = FABIO STABENOW ANTHERO ROXO
          Nascido a 05-03-1978 em S.Paulo-SP.

IV – 2 = LUIZ CARLOS ANTHERO ROXO
Assistente de Vendas, (Estudante de Direito)
Nascido em Mirandópolis-SP. a 12-07-1948
Casado em 1ª núpcias a 12-05-1973 com Ivone Cabrera, filha de Antonio Cabrera e Nair Camatári. pais de:

V – 1 = DIOGO ANTHERO ROXO
Nascido em Osasco-SP. a 30-05-1982

IV – 3 = SONIA MARIA ROXO
Inspetora de alunos. Nascida em Oscar Bressane-SP. a 15-11-1950

III – 11 = ANTONIO ANTERO ROXO
Nascido a 13-05-1924 em Avaí-SP.  falecido a 13-12-1968 em S.Paulo. Sepultado no Cemitério da Consolação Casado em 1ª núpcias em Campinas -SP. a 16-12-1966 com Julia de Jesus Carvalho, viuva.
Em  2ª Núpcias. em S. Paulo-SP. com Gessy Lacerda, SEM DESCENDÊNCIA

III – 12 = CARLOS ANTHERO ROXO
Estudou em Botucatú-SP. Foi Vereador pela Câmara Mun. de Lutécia SP.
Lançador e Diretor da Câmara Municipal de Oscar Bressane. Aposentou-se como Agente de Saúde, Chefe da Seção de Profilaxia em Agudos-SP. residente em Baurú-SP. Nascido a 21-12-1929  em Avaí-SP.
Casado a 23-12-1961, com Carmem Lucia Nogueira (nascida a 05-09-1938 em S.Paulo) filha de Paulo Gomes Nogueira e Maria José de Paula Machado pais de:

IV – 1 = MARIA CRISTINA NOGUEIRA ROXO
Professora, pelo Liceu Noroeste de Baurú-SP
Nascida a 05-11-1962 , em Baurú-SP.
Casada a 21-06-1986 em Baurú, com Carlos Nei C. Lino Pereira (nascido a 13-05-1958, Baurú-SP.) filho de Donato Custódio Pereira e Alice Lírio
Pais de:

          V- 1 = DIEGO ROXO PEREIRA
          Nascido a 19-05-1988, em Bauru-SP.

IV – 2 = SILVIA NOGUEIRA ROXO
Técnica em Contabilidade, pelo Liceu Noroeste de Baurú-SP.
Nascida a 11-06-1964 , em Baurú-SP.
Casada a 11-08-1984 em Baurú ,com Marco Antonio Gandolfi Rodrigues (nascido a  23-03-1963 ,Baurú-SP.) gráfico da Tilíbra, filho de Jacinto Pedro Rodrigues e Maria Gandolfi
Pais de:

          V – 1 = CARLA ROXO RODRIGUES
          Nascida a 12-01-1985, em Bauru-SP.

IV – 3 = SANDRA NOGUEIRA ROXO
Instrutora de Auto-Escola, especialista em Moto
Nascida a 22-08-1967, em Baurú-SP.
Casada a 17-02-1983, em Baurú, com Marco Antonio Lazarim, filho de Irceu Lazarim e Marlene Gomes.
Pais de:
          V – 1 = THIAGO NOGUEIRA ROXO LAZARIM
          Nascido a 09-06-1983, em Baurú-SP.

          V – 2 = GABRIELLA NOGUEIRA ROXO LAZARIM
          Nascida a 19-06-1986, em Baurú-SP.

IV – 4 = PATRICIA NOGUEIRA ROXO
Do lar, estudou no Colégio La Salle e no Instituto de Educação Ernesto Monte. Nascida a 24-04-1971 , em Baurú-SP.
Casada a 16-01-1987, em Baurú, com Marcelo da Silva, filho de Joaquim Francisco da Silva e Maria Aparecida Souza
pais de:
          V – 1 = DANIEL MARCELO ROXO DA SILVA
          Nascido a 02-07-1988, em Baurú-SP.

          V – 2 = GUSTAVO CARLOS ROXO DA SILVA
          Nascido a 04-09-1990, em Baurú-SP.


[1] Documento este, encontrado pelo eminente genealogista pesquisador Victorino Chermont de Miranda, aqui registramos nosso agradecimento.

[2] A Fazenda Bela Aliança em Piraí-RJ, ainda existe, magnificamente conservada por seus atuais proprietários, a família Azevedo Leão

[3] EDGARD CARONE – Memórias da Fazenda Bela Aliança, 1ª ed. Oficina de Livros, Belo Horizonte ,  1991

Read Full Post »

“BARÃO DE VARGEM ALEGRE”

Nascido em Pensalves  a 22-09-1804, veio para o Brasil em 1816 com 12 anos de idade, registrado como   MATHIAS GONÇALVES ROXO …………

Não ha registro de quem o acolheu  no Brasil , mas há a possibilidade de que tenha vindo a chamado de algum tio materno, da família Maduro, pois não ha noticia de nenhum Roxo que o tenha antecedido no Rio de Janeiro . Deve ter trabalhado no comercio do Rio de Janeiro, provavelmente ligado ao café .[1]
Casou-se com Joaquina Clara de Moraes , filha do Barão de Pirai , nascida em Manga -Larga-RJ. a 15-10-1815, e falecida em 1865, com 50 anos de idade.
Foi dos mais ricos proprietários de terra na região de Pirahy , chegou a ter mais de mil escravos em suas lavouras de café . Homem prático  e perseverante, introduziu em suas lavouras técnicas modernas de cultivo que propiciaram  resultados econômicos brilhantes . Justo e de grande coração ,tinha excelente relacionamento com sua escravatura, pela qual era respeitado e mesmo venerado .
Quando da participação do Brasil na Guerra do Paraguai , colocou sua fortuna pessoal a disposição do Imperador , que lhe concedeu o Título de Barão  e Grande do Império . Foi também nomeado Cavaleiro da Ordem da Rosa  em 1848, e Comendador da Ordem de Cristo .
Conta  o grande escritor Alberto Lamego ( O Homem e a Serra ) que em  1854 o Barão era o maior fazendeiro do Império, contando em suas Fazendas com mais de 1.500 escravos. ( no seu inventário em 1879, existiam 1.189 “peças”)

Faleceu o Barão, a 16-09-1879 em Vargem Alegre-RJ. com 75 anos de idade .

TEVE    14   FILHOS  :

CAP. 1 = JOSÉ GONÇALVES DE OLIVEIRA ROXO

CAP. 2 = RITA CLARA DE OLIVEIRA ROXO

CAP. 3 = AUGUSTO CÉSAR DE OLIVEIRA ROXO

CAP. 4 = FREDERICO GUSTAVO DE OLIVEIRA ROXO

CAP. 5 = FRANCISCA OLIVEIRA ROXO

CAP. 6 = RAIMUNDO BREVES DE OLIVEIRA ROXO

CAP. 7 = MARIA TERESA DE OLIVEIRA ROXO

CAP. 8 = LUIZ OCTAVIO DE OLIVEIRA ROXO

CAP. 9 = MATHIAS GONÇALVES DE OLIVEIRA ROXO

OBS:  outros 5 filhos, faleceram na infância .

****************************************************************************************************

TESTAMENTO DO BARÃO DA VARGEM ALEGRE

Em nome de Deus Amem! Eu Mathias Gonçalves de Oliveira Roxo, Barão da Vargem Alegre, estando de saúde e no pleno gozo de minha faculdades mentais, receando porem a morte, partilha da humanidade, deliberei fazer meu testamento , e o faço do modo seguinte : – Sou Catholico , Apostólico, Romano, em cuja crença nasci, tenho vivido e pretendo morrer. Nasci e fui baptizado na freguezia de Santa Eulalia de Pensalves, comarca de Vila Real, da Província de Traz os Montes, do Reino de Portugal, e sou filho legitimo de João Gonçalves Roxo e de Dona Maria Tereza, ambos já falecidos, bem como todos os meus ascendentes.

Fui casado com Joaquina Clara de Moraes Roxo, na forma do Sagrado Concilio Tridentino e Constituição do Bispado, e quanto aos bens segundo o costume geral deste Império, isto é, por carta de metade. Por falecimento da dita minha mulher, procedi o Inventario dos Bens de nosso casal, e dei partilha a seus herdeiros pelo Juízo de Órfãos do Município de Pirahy, Província do Rio de Janeiro, deste Império.
Existe daquele nosso matrimonio os seguintes filhos: Augusto Cesar de Oliveira Roxo, Frederico Gustavo de Oliveira Roxo, Luiz Octavio de Oliveira Roxo, Raymundo Breves de Oliveira Roxo, Mathias de Oliveira Roxo, Dona Rita, casada com Nicolau Netto Carneiro Leão, hoje Barão de Santa Maria, Dona Francisca, casada com Custódio de Souza Pinto, e Dona Maria Thereza com Romualdo José Monteiro de Barros: e os meus netos José e Mathias, filhos do meu falecido Filho José Gonçalves de Oliveira Roxo, Barão de Guanabara, de quem são representantes.E são estes os meus filhos e nettos os legítimos herdeiros de meus bens, e como taes os declaro e constituo e Haverão, na forma de direito, com igualdade, a parte que lhes pertencer na minha herança. Declaro que me acho quite com todos os herdeiros de minha falecida mulher, pelas respectivas legitimas ou quinhões hereditários, que de mim já receberam conforme consta de quitações ou recibos, por eles firmados e existentes em meu poder.
Declaro que alguns de meus herdeiros, me são devedores de quantias constantes de títulos firmados pelos mesmos e que existem em meu poder, e com os quais se constituirá também o monte partivel e juros respectivos s constantes nas mesmas clarezas.
Declaro que deixo libertos os meus escravos seguintes: Cezar, pardo, carpinteiro, filho da preta forra Damiana; Brigida e seu filho Thomaz, pardo, carpinteiro; Izabel, de nação, conhecida como Izabel Rendeira, Graciano, de nação, feitor do Sítio denominado Espuma; Maria pequena, de nação Mina, viúva de Bento Alfaiate; Adriano, carpinteiro casado com a preta Caetana , criola e hoje viúvo; Bento, ferreiro, criolo, filho de Maria Pequena; Ezequiel, pardo, irmão de Ricardo; Anacleta, de Nação, viuva de Victoriano; Felicidade, mina, Joanna, Criola, filha da finada Helena, e seu irmão Dionizio, crioulo, carapina, residente na Fazenda Ponte Alta.
Deixo também livres as crias: Jesuina, Herculana, e Felisbina, filhas a primeira da finada Maria Thereza < crioula; a segunda de Balbina, crioula; e a terceira de Felizarda, crioula, todos da Fazenda da União; e peço a meus herdeiros e testamenteiros, que tomem sob sua imediata proteção essas três crianças, e lhes preparem um futuro remediado e decente, visto como, a não serem eles, ou eu, não tem essas infelizes creaturas ainda crianças, quem para elas olhe com verdadeiro interesse.
Peço a meus testamenteiros e herdeiros, que, no caso de quererem todos ou alguns deles, libertos residirem nas fazendas, ali os acomodem proporcionando-lhes meios de subsistência e tratamento conveniente enquanto viverem, e protegendo-os em caso de necessidade; e aos mesmos libertos recomendo, e espero que se tornem dignos desta proteção por seu procedimento, obediência e respeito para com os ditos meus herdeiros e testamenteiros.
Deixo à preta Maria Pequena, acima liberta, a quantia de cem mil Reis; a Preciliana, liberta, filha da mesma Maria Pequena, a quantia de seiscentos mil Reis.
Deixo a quantia de quatro mil Reis à cada um de meus escravos, residentes na Vargem Alegre, e que tiverem de onze anos para cima de idade, ao tempo de meu falecimento.
Nesta mesmas condições, deixo a quantia de três mil Reis, à cada um dos residentes nas Fazendas União, Bom Sucesso e Espuma.
Deixo à minhas irmãs Maria Antonia e Marianna, ambas residentes em Portugal, a quantia de quatrocentos mil Reis, moeda deste Império a cada uma  e se ao tempo de meu falecimento, já não existir alguma delas revertera a dita quantia em favor de seus legítimos herdeiros repartidamente. Todos estes legados serão livres de direitos.
Deixo à meu irmão Felippe Gonçalves Roxo, residente neste Império, a quantia de seiscentos mil Reis; e caso seja ele falecido ao tempo de minha morte, revertera o legado  para minhas manas Maria Anotai e Marianna, ou para os herdeiros delas.
Deixo a quantia de quatrocentos mil Reis, para ser distribuídos pelos pobres mais necessitados da Freguesia de Pensalves, da Comarca de Vila Real, Reino de Portugal, ficando esta distribuição a arbítrio de meu testamenteiro, que procurará obter as necessárias informações do respectivo Vigário, ou de quaisquer pessoas fidedignas.
Deixo à minha sobrinha Carlota, filha legitima de meu irmão José Joaquim Gonçalves Roxo, e hoje casada com meu administrador  João José Fernandes, a quantia de hum conto de Reis.
Deixo a cada um de meus afilhados, filhos da sobredita minha sobrinha Carlota, a quantia de trezentos mil Reis. Ao Antonio, filho da mesma, duzentos mil Reis.
Deixo a cada um de meus netos, que existirem, filhos legítimos de meus filhos, ao tempo de minha morte, quatro apólices da Divida Fundada do Império, do valor nominal de hum conto de Reis e juros de seis por cento ao ano, devendo os ditos juros serem cobrados e acumulados produtivamente de maneira a renderem-lhes tambem juros, para ser o seu total entregue por seus Pais, ou por quem estes representarem, à cada um dos ditos meus netos, quando se tornarem maiores ou quando se casarem.
Deixo o usufruto do prédio de tres andares que possuo nesta Côrte, à Rua de São Pedro, numero vinte e quatro, a minha filha Dona Francisca, casada com Custodio de Souza Pinto, devendo os rendimentos desse prédio serem considerados como alimentos da Legatária e como taes, não serão sujeitos a embargos, penhora , ou quasquer outros embaraço judiciais, e nem poderão ser alienados, ou por qualquer forma onerados; e por falecimento da dita minha filha legatária, passará o prédio em plena propriedade à seus filhos ou legítimos herdeiros. Deixo mais a dita minha filha Dona Francisca, oitenta Apólices da Divida Publica Fundada do Império, e do valor nominal de hum conto de Reis e juros de seis por cento, com as mesmas condições com que lhe deixo o prédio da Rua de São Pedro, isto é, terá o rendimento das Apólices, que serão considerados como alimentos da legatária, e como taes, não serão sujeitos a embargos, penhora, ou quaesquer outros embaraço judiciaes e nem poderão ser alienadas, ou por qualquer forma oneradas; e por falecimento da dita legatária minha filha, passarão as ditas Apólices, em plena propriedade a seus filhos ou legítimos herdeiros em partes iguaes.
Deixo a Irmandade do Santíssimo Sacramento da cidade de Piray, uma apólice da Divida Publica Fundada Império, e do valor nominal de hum Conto de Reis e juros de seis por cento.
Deixo ä meu criado Ricardo, barbeiro, a quantia de seiscentos mil Reis.
Declaro que sou sócio da Casa Comercial, estabelecida perto da Ponte da Vargem Alegre, conforme consta do contracto respectivo, que se acha registrado Tribunal do Comercio, desta Côrte.
Nomeio meus testamenteiros e administrador e de meus bens, e benfeitorias de minha alma, a meus filhos Frederico Gustavo de Oliveira Roxo, à meu genro Barão de Santa Maria, a meus filhos Augusto Cesar de Oliveira Roxo, Luiz Octavio de Oliveira Roxo, um na falta do outro, e na ordem em que vão nomeados; e os hei por abonados em juízo e fora dele para todos os actos desta testamentaría, independente de fiança alguma.
O meu funeral será feito sem pompa, nem ostentação, e apenas com a necessária descencia. Por minha morte se dirão: por minha alma, uma missa de corpo presente, e mais vinte dentro do primeiro ano do meu falecimento; dez por alma de meus Pais; cinco pela alma de minha mulher. Cinco pela  de meus escravos e cinco pelas dos mais meus parentes, todas da esmola de dois mil Reis, com a exepção da de corpo presente, que será remunerada conformr entender meu testamenteiro.
Ao testamenteiro que cumprir este testamento, como remuneração pelo seu trabalho, deixo a quantia de cinco Contos de Reis.
Como sinal de lembrança deixo a meu filho Frederico Gustavo de Oliveira Roxo, primeiro testamenteiro, a minha Comenda de brilhantes da Ordem de Cristo. Ao meu segundo testamenteiro meu genro Barão de Santa Maria, a minha comenda da Rosa; e aos terceiro e quarto testamenteiros, meu filho Augusto Cesar de Oliveira Roxo e Luiz Octavio de Oliveira Roxo, deixo à aquele o meu botão de brilhante, e a este meu relógio de ouro e corrente do mesmo metal.
Declaro que todos estes legados são livres do respectivo imposto, sendo este pago pelo meu testamenteiro, e os consistentes em dinheiro, são em moeda corrente deste Império. Declaro o prazo de dous anos para execução e cumprimento deste meu testamento. São estas as disposições de minha vontade, que espero serão cumpridas tão inteiramente nelas se contém, sendo este escripto e assinado por minha mão.

Rio de Janeiro 2 de Setembro de 1878. Barão da Vargem Alegre.

Declaro mais que a casa em que actualmente moram, meu genro Custodio de Souza Pinto e sua família, sita na Fazenda da União, será avaliada, e bem assim parte de sua mobília, que lhe forneci, cuja importância entrara para o monte. Além do que me são devedores, por títulos passado em Junho de 1878 assinado por meu genro Custodio de Souza Pinto e sua mulher, são me mais devedores de diversas quantias que mensalmente lhes vou fornecendo para sua alimentação e despesas ordinárias, constando de recibos que os mesmos me vão assignando, de cujas quantias se contarão juros de sete por cento ao ano, com reforma de juros anualmente. Aconselho a minha filha Francisca de Souza Pinto, para evitar passar procuração a seu marido Custodio de Souza Pinto, para receber os juros de suas apólices, e alugueis da casa que lhes deixo. Declaro mais que se meu escravo Claudino, crioulo, pedreiro, se tiver tido bom comportamento, o meu testamenteiro lhe passará carta de liberdade.

Era ut supra Barão da Vargem Alegre

Inventario dos Bens do Barão da Vargem Alegre


[1] O Marques do Lavradio citando os reinóis aqui no Brasil, diz: “… logo que aqui chegam não cuidam de nenhuma  outra coisa que se fazerem senhores do comercio que aqui há, não admitem filho nenhum da terra a caixeiro, por onde possam algum dia serem negociantes”. Neste sistema circular de autodefesa radica a tradição do “caixeiro” português, mandado chamar de Portugal, de entre parentes, amigos ou recomendados, tradição que se manteve até o século XIX e, e em muitos casos, até o século XX .

Read Full Post »